Fale Connosco

+351 249 534 069

A Nossa História

Sobre nós

Conheça a Cooperativa de Olivicultores de Fátima

A Cooperativa de Olivicultores de Fátima foi fundada em 1951 por um grupo de agricultores da região. Naquela época, o lagar possuía três prensas e um moinho de galgas troncocónicas. Em 1970, a cooperativa realizou novos investimentos que incluíram a instalação de um novo moinho, uma nova prensa e uma centrífuga. Essa inovação revolucionou a forma de produção de azeite na região, melhorando a qualidade e aumentando a capacidade de produção.

Preocupada com o impacto ambiental da produção de azeite e buscando aumentar a capacidade de processamento de azeitonas, a cooperativa instalou um sistema contínuo ecológico em 1994, com capacidade de 70 toneladas por dia, bem como um pátio de receção/limpeza/lavagem de azeitonas com capacidade de 20 toneladas por hora. Isso permitiu aos associados entregarem azeitonas diretamente no lagar, sem a necessidade de limpá-las previamente.

72

ANOS

EXPERIÊNCIA

Ao longo dos últimos anos, a cooperativa tem investido em melhorar todo o processo produtivo incluindo o aumento da capacidade de receção da azeitona, aumento da capacidade de produção para 330 toneladas por 24 horas, aumento da capacidade de armazenamento, uma linha automática de embalamento, etc.

Em 2010, a cooperativa criou a marca “Azeite Fátima” para promover o nome da cooperativa, o local e a cidade onde o azeite era produzido. Em 2011, a cooperativa recuperou o lagar antigo e transformou-o numa sala de oleoturismo para eventos e promoção da marca “Azeite Fátima” para turistas e profissionais do setor.

A par da evolução na tecnologia a cooperativa também aposta na qualidade desde a receção da matéria-prima até ao engarrafamento. Durante todo o processo temos vários pontos de controlo de qualidade para garantirmos que chega ao nosso cliente o azeite de melhor qualidade. Neste sentido, todo o modo de produção atual é feito através do método de extração a frio.

plugins premium WordPress